quarta-feira, 20 de junho de 2018

Projeto de pesquisa, criação e execução  em Artesania Terapêutica e Nail Art por Si  Masseno.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

terça-feira, 25 de abril de 2017

Granada!



Lembranças de viagem!


A Nail Art foi feita com plaquinha da BPS e esmalte Essie (197) e La Femme ( Bronze).

Gracias a la vida!

sábado, 9 de julho de 2016

Mandalas

 Plaquinha Born Pretty, 
Esmaltes: Panvel(Mistery) e La Femme ( Prata) para carimbo.
Lindo de viver!

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Película

Olá!
Produção para festa temática, para  brincar de ser "Frida Khalo."
Esta aqui é da marca Dedo de Moça e faz alguns anos que ela estava guardada, pois confesso que acho um tanto trabalhoso colocar, embora o resultado seja muito bacana.




terça-feira, 22 de março de 2016

Carimbadora maluca!


Pintando música e arte por aqui, como sempre, e agora lembrando do grande  "Carimbador Maluco" do Raul Seixas. Quem tem mais de 40 anos, de certo conhece bem esta canção e a temática nela envolvida.

Aqui estão as  últimas produções, com padrões geométricos:


Este é da Born Pretty. Fiz uma releitura de uma produção que fiz no ano passado, no projeto Música para Pintar. Dessa vez, ao invés de branco como base, utilizei um amarelo clarinho, o Areia, da Lapogée.








E aqui ao lado, uma combinação de azul marinho (Colorama) e branco (que na foto até parece azul claro).
A plaquinha é da Konad.











Buenas, era isso.


domingo, 27 de dezembro de 2015

Girando a Renda


Roberta Sá e Pedro Luis vieram inspirar o trabalho de hoje, na canção Girando a Renda.
 
 

Detalhes técnicos: efeito negativo é a ausência de cor na base ( usei apenas base incolor). Após seco foi  carimbado em esmalte preto e finalizado com apenas uma camada de base, só para fixar o desenho. Neste caso, o relevo pode  ser percebido, dando a sensação de que a unha está realmente coberta por pedacinhos de renda.

Bem simples, bem interessante.

 
Buenas, era isso.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Música para Pintar - Resumo 2015

No início de 2015 anunciei por aqui a intenção de realizar um projeto que criasse uma conexão entre música e nail art, usando como base os catálogos 1001 músicas para ouvir antes de morrer e 1001 discos para ouvir antes de morrer. O projeto, batizado de  Música para Pintar 2015, rendeu produções coloridas, tendo como inspiração cantores, cantoras e bandas conhecidos e cultuados por milhares de pessoas.

A pesquisa,  necessária para a construção do trabalho e o resultado obtido ao longo do processo foram muito gratificantes! Aprendi novas técnicas de nail art, tive a oportunidade de saber um pouco mais sobre os artistas que gosto,  pude ouvi-los novamente e  disponibilizar conhecimento. Todas as postagens do projeto possuem links de acesso ao trabalho do artista e alguns vídeos, tudo  a um clique de distância.

Difícil conciliar inspiração com viabilidade de execução de algumas produções (e meu perfeccionismo não ajudou nesse sentido - algumas das coisas que fiz nem chegaram a ser mostradas por aqui, pois o resultado final não ficou como eu gostaria), mas, enfim, consegui! Foram 36 postagens temáticas, publicadas de janeiro a dezembro de 2015.



Se você quiser conferir os posts, basta procurar o título do projeto, "Música para Pintar" ou o nome do artista na lista de "marcadores" (tags)  à direta dos textos aqui no blog.


Buenas, era isso.
E feliz 2016 para todos nós!!





domingo, 13 de dezembro de 2015

Música para Pintar - The Supremes

The Supremes foi um grupo vocal feminino formado em 1959, uma das principais atrações da lendária  gravadora Motown.
O grupo teve nove ábuns lançados, com várias canções chegando ao topo das paradas de sucessos nos EUA e Reino Unido, entre 1964 e 1968.  Foi a partir do trabalho no Supremes que Diana Ross teve projeção para lançar-se em carreira solo. Com letras românticas e visual bem comportado, as Supremes deram base para qu outros grupos de R&B surgissem a seguir.

Entre os sucessos da banda estão: Baby LoveStop In The Name Of Love  Come See About Me .
A inspiração de hoje veio por conta da foto do grupo em uma das páginas do catálogo "1001 Músicas para Ouvir Antes de Morrer" . Vamos a ela?

  O figurino das meninas, com franjas  e brilho 
foi o ponto de partida para a produção.



Detalhes técnicos:

 Usei como base o esmalte Porcelana Chinesa, da Mohda. Após seco, carimbei com o esmalte vermelho, da La Femme. A placa escolhida foi a da Born Pretty Store, que tem esse formato que parece mesmo umas franginhas.  O brilho ficou por conta do esmalte Extasy, da Jade, que ocupa a parte superior das unhas, formando uma quase meia-lua. E pra finalizar, muito top coat!



Supremo!





Buenas, era isso.

sábado, 5 de dezembro de 2015

Música para Pintar - Vesti Azul , Wilson Simonal

Wilson Simonal foi um cantor que fez muito sucesso nas de 1960 e 1980.
Pai de Max de Castro e Simoninha, ele foi eleito pela Revista Rolling Stone um dos quatro melhores cantores brasileiros de todos os tempos.



Entre os sucessos da carreira de Wilson Simonal estão canções como Tributo a Martin Luther King,   Mamãe Passou Açúcar Em Mim Nem Vem que Não Tem Vesti Azul, que inspirou a produção de hoje.


"Estava na tristeza que dava dó
vivia vagamente e andava só
mas eis que de repente me apareceu 

um brotinho lindo que me convenceu
dizendo que eu devia vestir azul,
que azul é cor do céu e seu olhar também,

então o seu pedido me incentivou:
vesti azul
minha sorte então mudou..."














Escolhi um esmalte azul com efeito holográfico ( sabe aqueles que refletem as cores do arco-iris?), o Extasy, da Jade e carimbei com placa BPS
usando esmalte Búzios, da Top Beauty.















E era isso!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Música para Pintar - Queen, Bohemian Rapsody

Queen é uma banda de rock formada em Londres, em meados de 1970, onde Freddie Mercury reinou absoluto em sua majestade.  Um dos grandes sucessos da banda é Bohemian Rapsody.
A canção,  uma espécie de ópera-rock, foi gravada em 1975 e alcançou o mundo todo, sendo tocada até hoje, sem perder o brilho.  A banda tem várias citações sobre seu trabalho nos livros "1001 Músicas... e 1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer


Vamos às unhas, sem delongas!

Confesso que a produção de hoje foi muito sofrida. Há tempos queria fazer algo que em homenagem a Freddie, mas sem apelar para a imagem pronta que há em algumas plaquinhas de carimbo gringas, além disso, queria passar longe do clichê (estampas de coroas e bigodes...).  Após muito quebrar a cabeça, veio a inspiração: um dos figurinos que Freddie - camiseta e calça branca com listas laterais em vermelho e amarelo, tênis (Asics ou Adidas)  e jaqueta de couro amarela.
Confira aqui trecho de um dos shows onde Freddie usa o figurino em questão.




Detalhes técnicos:
no dedo mínimo esmaltei com a cor branca e fiz os traços característicos do tênis Asics. O dedo médio foi esmaltado com vermelho e amarelo, para fazer referência ao detalhe da calça (usei fita dourada, entre uma cor e outra para dar maior "glamour". Nos demais dedos usei branco e amarelo, as cores principais do figurino.







Tenho certeza que o Freddie, que adorava esmaltar as unhas, iria adorar esse meu design :0)














Buenas, era isso.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

É madeira de vento...Música para Pintar

Madeira de Vento? Como seria isso? Bem, não sei ao certo, mas com a licença poética que Tom Jobim me deu, apresento aqui  mais um trabalho.


A produção de hoje é bem simples de fazer  e causa um grande efeito! É como se ter lâminas de madeira nobre nas unhas!

Vamos aos detalhes técnicos: para a base, escolhi um nude da "minha coleção", o Feeling Good (clique para saber mais sobre essa história).  Após seco, apliquei a técnica dry brush (pincel seco), utilizando o esmalte da DNA Italy na cor Cacau. A técnica consiste em retirar quase todo o esmalte do pincel antes de passá-lo nas unhas. Para finalizar usei duas camadas de top coat matte, para dar efeito fosco às unhas.

 Lindo, né?




Buenas, era isso.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Música para Pintar - Summertime, com Sarah Vaughan

Sarah Vaughan , diva absoluta do Jazz, dispensa maiores apresentações.
Summertime foi composta por George Gershwin e faz parte da ópera Porgy and Bess. A canção é um dos standards mais famosos da história do Jazz e foi gravada por diversos artistas: Chet Baker, Herbie Hancock, Nick Drake, Janis Joplin e Morcheeba, entre outros.

A produção de hoje é inspirada na foto que consta no catálogo "1001 Músicas para Ouvir Antes de  Morrer". A inspiração veio do detalhe drapeado do vestido que Sarah está usando.




Os "detalhes técnicos": duas camadas de esmalte na cor areia (Canto dos Pássaros, da Impala),  carimbado com placa da BPS e esmalte branco ( Blant). Para finalizar, uma camada de cobertura fosca.
  Belíssimo!



Buenas, era isso.


sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Música para Pintar - Fear of the Dark

Fear or the Dark é uma canção que faz parte álbum que leva o mesmo título, gravado pela
banda britânica Iron Maiden (clique no link para assistir ao video).

Formado em 1975, o Iron Maiden construiu uma carreira sólida e conquistou uma legião de sãs trabalhando pesado - literalmente.  Donos de um estilo musical único, que mescla o peso do heavy metal a velocidade do punk, a banda coleciona hits que se tornaram clássicos absolutos da história do Rock.   Sem apelar para fórmulas fáceis e populares, as letras de suas canções falam sobre fatos históricos e literatura (o próprio nome da banda é uma referência ao romance O Homem da Máscara de Ferro, de Alexandre Dumas),  a banda coleciona hits que se tornaram clássicos absolutos da história do Rock.   Até mesmo quem não curte rock pesado tem respeito pelo trabalho dos "caras".
Para saber mais sobre a banda clique no link acima ou aqui
Buenas, vamos às unhas?

O título ( Fear of The Dark = medo do escuro) e a capa do álbum do Iron Maiden foram a inspiração para a produção de hoje.  

A técnica é da super talentosa Jaunty Juli. Há um vídeo no canal dela no You Tube, explicando como fazer essa belezura.



















Buenas, era isso.

Música para Pintar - Kiss


 
Kiss é uma banda de hard rock, formada em 1973 por Gene Simmons e Paul Stanley.
Mais conhecidos pelo visual ( maquiagem artística e figurino excêntrico) do que pela música em si,  o Kiss atravessou décadas e está na ativa até hoje, tendo vindo ao Brasil em 2015, a propósito.
Com forte apelo comercial, seus discos são um mix de canções pop-rock  e algumas baladas com letras fáceis e refrão grudento.  
O ponto forte do Kiss sempre foi o entretenimento: o carisma dos vocalistas, aliado a efeitos de pirotecnia e surpresas sombrias, próprias de filmes de terror - uma fórmula de sucesso que conquistou uma legião de fãs ao redor do mundo. 

Durante algum tempo, a banda cantou de cara limpa, uma forma estratégica de chamar a atenção da mídia e atrair novos fãs, mas voltou às origens em seguida.


Alguns dos sucessos da banda: Rock And Roll All Nite, God Of Thunder
,I Love it Lound, God Gave Rock And Roll To You  , I was made for loving you, baby


O Kiss é uma das indicações dos manuais "1001 Discos ..." e "1001 Músicas Para Ouvir Antes de Morrer"
  
 
E aqui, um parêntese interessante: há uma lenda urbana, que diz que o Kiss foi criado a partir de uma grande "inspiração" nos Secos e Molhados, banda de lançou Ney Matogrosso, na década de 1970.  Teria um produtor norte-americano procurado os integrantes da banda, com a proposta de que eles cantassem em Inglês, canções mais pesadas e comerciais. Levando um categórico "não" na mala, o produtor retornou aos EUA, com muitas "ideias originais para uma formar uma nova banda". Não tenho como atestar a veracidade da lenda, mas que isso faz muito sentido... Ah! faz!





 Chega de trololó e vamos às unhas?

Escolhi trazer o Kiss para a postagem de hoje pois a proposta visual da banda combina bem com as festividades da época - o Dia das Bruxas, nos EUA (que o Brasil vem adotando há alguns anos), o Dia de los Muertos, no Mexico e o Dia de Finados, aqui no Brasil.

 Para a composição, busquei inspiração nos elementos contidos no figurino da banda: estrelas, círculos, linhas e tachas metálicas.
Tendo como base as cores preto e prata, usei algumas placas para carimbo e boleador para fazer os as tachinhas.


E esse foi o resultado da produção: bem exagerado! 
Bem Kiss, não é?



Buenas, era isso.

domingo, 25 de outubro de 2015

Carimbada básica em preto e azul

Intervalo no projeto "Música para Pintar". 
A produção de hoje é bem básica e versátil.

Utilizei carimbo da BPS sobre esmalte preto. A cor escolhida para carimbar foi um azul elétrico, com acabamento metálico.











E era isso.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Música Para Pintar - Massive Attack

Blue Lines é o trabalho de estréia do Massive Attack.
O movimento chamado trip rock - fusão do hip hop, com um andamento mais lento e ritmo lounge- traria outras bandas, como o Portishead, do qual já falamos e pintamos por aqui.

Alguns dos sucessos da banda:Safe From Harm, Daydreaming,  ProtectionTear Drop , Unfinished Sympathy  (clique nos links para ouvir).

O Blue Lines, do  Massive Attack está listado no catálogo "1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer".


Vamos às unhas?
 
 



A base para a produção de hoje tem as cores  da principais da capa do disco - bege e vermelho. O desenho neste caso uma espécie de flor, tomou o lugar da fogueira na composição.





 
 
Usei uma camada do esmalte nude (240N, Lancôme)
e fiz um efeito esponjado na ponta das unhas usando a cor vermelha. Após seco, apliquei o desenho em preto, utilizando o carimbo.










E este é o resultado final.
Nada mal.




Buenas, era isso.

sábado, 10 de outubro de 2015

Música Para Pintar - John Lennon/ Plastic Ono Band



John Lennon/Plastic Ono Band é primeiro álbum da carreira solo de John Lennon
(clique no link para ouvir)

Buscando virar a página, não apenas dos anos 1960 mas também de 30 anos de seu passado, Lennon buscou a Terapia do Grito Primal, em NY e após alguns meses de trabalho,  retornou à Inglaterra e prestes a compor aquilo que seria sua grande catarse. O disco  possui canções confessionais, de desabafo e renúncia aos emblemas culturais dos anos anteriores.  Contando com a participação de Yoko Ono ,  o disco possui a evolução de uma catarse, desabafo, alívio e paz.  E assim John Lennon renascia livre para trilhar novos caminhos.



John Lennon/Plastic Ono Band  é indicado pelo catálogo " 1001 Discos para Ouvir Antes de Morrer"


Vamos às unhas?
A capa é a tradução do clima contemplativo do disco e é o tema na nail art de hoje. O casal sentado sob a sombra de uma árvore. Outono de cores antigas, assim como deve ser a esta época lá no hemisfério norte.
  Comecei os trabalhos com uma camada de esmalte na cor areia. Usei uma esponja pequena para lançar as cores de forma aleatória. Usei tons de rosa, verde e marrom rosado. Após seco, fiz o trabalho com carimbo ( BBF) , nas cores marrom e preto, intercalando  a direção dos desenhos. Finalizei com duas camadas de top coat.




Ficou lindo, delicado demais.
Uma bela homenagem, a pretexto do aniversário de John, que estaria completando 75 anos no dia 09 de outubro.


Buenas, era isso.


domingo, 4 de outubro de 2015

Música para Pintar - Eagles, Hotel California

Eagles é um grupo de rock norte-americano, formado nos anos 1970.
Sua canção mais famosa é Hotel California,  que foi lançada em 1976, no álbum de mesmo título.
A canção é tão conhecida que dispensa maiores comentários ( clique no link para ouvir).
A obra é uma das indicações do manual "1001 Discos para ouvir antes de morrer".

 
 E, sem mais delongas, vamos à produção de hoje: a inspiração veio da capa do disco - a paisagem tropical ao anoitecer e o hotel iluminado pelo neon azul. Usei cores similares aos presentes na capa: preto, amarelo e verde musgo.




Após fazer uma base em amarelo clarinho, salpiquei um pouco de amarelo queimado (com o auxílio de uma esponja). Utilizei uma fitinha adesiva como guia para a marcação em preto, que ocupa metade da unha. Os coqueiros e o hotel foram carimbados com esmalte verde musgo e plaquinhas BM e BBF. Após seco coloquei alguns pontinhos de azul neon. Finalizei com duas camadas de top coat.




"Such a lovely place
    Such a lovely nails ..."



 Buenas, era isso.



terça-feira, 15 de setembro de 2015

Música para Pintar - Kraftwerk

Conhecidos como os precursores da música eletrônica, o Kraftwerk  iniciou o seu trabalho  na década de 1970. Colegas do Conservatório de Música de Dusseldorf, os quatro integrantes da banda produziam de forma experimental, criando novos conceitos sonoros e visuais. O sucesso veio a partir de Autobahn, disco de 1974, e se consolidou nos trabalhos seguintes: Radio-Activity (1975), Trans-Europe Express (1977) e The Man Machine (1978) Computer World (1981).


Minha infância foi marcada pela música do Kraftwerk, especialmente porque muitas das campanhas publicitárias de TV da época usavam como trilha sonora algum dos trabalhos da banda.  O som que eles produziam era algo muito diferente, inclassificável para os padrões da época - especialmente para uma criança de 9 ou 10 anos de idade...Lembro-me de certo desconforto (eufemismo para a palavra medo) ao assistir este videoclip,  o primeiro a apresentar animação em 3D e vocoder juntos. 
Alguns  dos grandes sucessos da banda: Autonabahn, The Model, Radioactivity, The Robots, 
(clique nos links para ver/ouvir).

 Quem ficou curioso, ou já conhece e quer saber um pouco mais a respeito, pode conferir o documentário disponível no You Tube Kraftwerk - Pop Art



E, como não poderia deixar de ser, o Kraftwerk está presente nas indicações dos manuais "1001 Músicas..." e "1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer" e é o tema  da produção de hoje.

Em clima "Computer Love" busquei inspiração na parte interna do computador - sabe aquelas plaquinhas e chips que fazem a coisa toda funcionar? 

A execução do projeto foi bem simples: esmalte verde (Jade, na cor Alto Astral) como base e plaquinha BM para estampar as unhas ( com esmalte verde escuro perolado, para carimbar) para finalizar e fiz alguns pontinhos dourados.  Ficou uma graça! 


Buenas, era isso.